Erika Lopes

12/10/2017

Formada em Administração de Empresas pela  Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais em 2016, defendeu o tema: Ética animal nas organizações, uma mudança de paradigma

"A disposição da pesquisa por meio do TCC que realizei pode auxiliar as pessoas a terem uma visão diferenciada sobre a administração, um campo tomado pela busca de sucesso, status, riqueza e poder. Não me conformo que a administração se baseie apenas em lucratividade, isso é insano. O trabalho não é um ponto final, não é tudo que se possa apresentar. É apenas um fragmento de um universo pouco explorado. As pessoas que desejarem pesquisar este tema irão se deparar com várias quebras de paradigmas e podem enriquecer muito os trabalhos em qualquer área de estudo, porque induz a provocações interessantes, trocas e compreensão do mundo de uma forma mais ampla." 

Foto: Arquivo pessoal

"Eu nunca havia pensado que o TCC seria divulgado de alguma forma. Na faculdade, eles não deram tanta importância, apesar de reconhecerem a pesquisa e ter obtido nota máxima. Mas divulguei entre o círculo de ativistas da causa animal e simpatizantes e desta forma pude ajudar algumas pessoas com minha experiência, porque somos vistos como "extraterrestres" e "radicais". Precisamos apoiar uns aos outros se quisermos prosseguir, ninguém faz nada sozinho. Fico à disposição de qualquer pessoa em qualquer nível escolar para auxílio, seja professor ou aluno, no que for possível para ajudar ou indicar outras pessoas. Continuo estudando o tema e pretendo sempre colaborar em diversas situações. Fico agradecida e me sinto bem por doar meu tempo em defesa dos animais e de um mundo mais justo e pacífico para todos."